Homeschooling: mas e a socialização?!

homeschool-2

“Oh, não! Eu esqueci de socializar meus filhos!” (tradução livre)

Ah … a famigerada socialização! Por razões mil, pessoas se opõem à Educação Domiciliar, mas a principal razão para essa oposição, na maior parte dos casos, é a “falta de socialização gerada pelo homeschool”. Afinal de contas, se alguém não vai pra escola, significa que ele entra em uma realidade paralela, cai numa dimensão do Universo onde só ela existe e vive. Ninguém mais está ali, só ela, só ela, só ela … ela não vai ter interação com mais ninguém.

intospace2dl

Dimensão paralela onde não há socialização

Bom, é necessário relembrar que um ser humano não vive isolado. Uma criança, muito menos. Uma pergunta: você já foi ao mercado? Ou a um consultório pediátrico? Já foi no shopping? Ok. Em quantas situações você já não observou crianças estranhas umas às outras interagindo, como se fossem amigas desde sempre? E com adultos, você já viu? Uma moça olha pro lado, e de repente, recebe um ‘tchauzinho’ e um lindo sorriso de uma menininha. Já parou para observar quantas crianças conversam trivialidades com estranhos, simplesmente porque os viram do lado delas? Sugiro que você passe a observar… e por que isso acontece? Porque elas aprendem na escola que devem “conversar e brincar com todo mundo que encontrarem por aí”? Não. Porque a socialização é natural. Ela somente precisa ser podada e cultivada.

Veja bem, por que crianças normais teriam problemas de socialização se forem nutridas numa sociedade organicamente planejada por Deus, interativa e ajustada como é a Família? A primeira instância de socialização de um indivíduo é sua própria família, pois nela há o primeiro contato com aquilo que será vivido em maior escala, tanto em sociedade, quanto na vida cristã. É na relação familiar e na observação da relação entre os familiares que a criança aprenderá a relacionar-se. Ainda, nas palavras da querida Patrícia Vitalino, do blog “Homeschooling: dever de casa“:

“Pais e filhos se inter-relacionam numa perspectiva criada, planejada e ensinada por um Deus que entende de relacionamento desde antes da existência do mundo. Pois mesmo sendo apenas um Deus, Ele é tri-pessoal, oferecendo um relacionamento perfeito entre Pai, Filho e Espírito Santo.
Esse Deus, que entende desde a eternidade de relacionamento perfeito, fez o homem, viu que não era bom que ele estivesse só, fazendo-lhe uma auxiliadora idônea, ordenando-lhes que se multiplicassem e enchessem a terra de filhos. Estava assim criada a sociedade, e com ela, a perfeita socialização.”
‘O Homeschooling e o Mito da Socialização’
Onde uma criança aprenderá verdadeiramente como se deve respeitar os mais velhos, como os idosos e pessoas mais velhas que ela própria? Será numa roda de debates com ‘estudiosos’ da escola ou será no seio familiar, onde pais zelam pela alma daquele filho e o ensinam e disciplinam em amor, como a Bíblia ordena? Onde uma criança verdadeiramente aprende a cuidar e proteger os mais novos que ele? Numa palestra de 1h na escola ou na vida diária com seus irmãos e amigos, ensinados, acompanhados e disciplinados pelos seus pais? Não há dúvidas que esse tipo de ensinamento não é aprendido na escola, por um simples motivo: isso não compete a ela! O máximo que a instituição pode fazer é reforçar aquilo que já veio de casa. Mais nada.
Um outro ponto importante que precisa ser levado em consideração é o sistema seriado da escola. Lá as crianças estudam, brincam e convivem, em geral, com seus semelhantes: mesma idade, origens parecidas, mesma região geográfica, mesmos ambientes todos os dias. É por isso que hoje vemos adolescentes que não sabem nem olhar para um adulto, quem dirá conversar, ou mesmo respeitá-lo. Ele não foi ensinado a isso, ele não cresceu aprendendo com o diferente, mas com o igual.
Ok, você ainda acha a escola o ÚNICO local possível de socialização. Deixa eu te fazer uma última pergunta: como se socializavam as crianças antes da escola ser inventada? (sim, a escola do jeito que conhecemos hoje foi inventada recentemente, para a decepção de muitos seguidores de Paulo Freire). Pois eu mesma respondo: ora, era em comunidade, em família. E família é o pai, a mãe, aquela tia de 50 anos, os avós, o tio avô de 87 anos, a filha da vizinha de 5, e a prima dela de 10 e você tem 13. A escola é uma instituição muito muito nova em termos de História. Se a socialização dependesse dela, nem você nem eu estaríamos aqui hoje, certo?  😉
Deixo pra vocês duas leituras complementares, beeeem rapidinhas e curtas (mesmo!) – o tempo de vocês é valioso!
Anúncios

5 comentários sobre “Homeschooling: mas e a socialização?!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s